Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Cadastro Único

Para que serve o Cadastro Único?

O Cadastro Único foi criado para o governo saber melhor quem são e como vivem as famílias brasileiras mais pobres. É através do Cadastro Único que o governo consegue entender quais são as principais dificuldades que a sua família enfrenta e como pode ajudar a melhorar as suas condições de vida.

Fazendo parte do Cadastro Único, sua família pode ser beneficiada por diversos programas, como o Bolsa Família, a Tarifa Social de Energia Elétrica e o Programa Minha Casa Minha Vida.

Podem ser cadastradas as famílias de baixa renda:
Que ganham até meio salário mínimo por pessoa; ou
Que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Como a minha família pode entrar para o Cadastro Único?

Você deve procurar o CRAS de referência do seu bairro.

Para ser cadastrado, os documentos são:

Para maiores de 18 anos
- Certidão de Nascimento / Certidão de casamento;
- CPF;
- carteira de Identidade (RG);
- Carteira de Trabalho;
- Título de Eleitor.
- Contra cheque
- Histórico do INSS nos casos de benefícios federais (aposentadoria, pensões..)
- comprovante de endereço, que pode ser a conta de água ou luz.

Menores de 18 anos
- Certidão de nascimento
- Declaração escolar

Documentos originais, para todos os moradores da casa.

Importante:
Cadastro Único para o Benefício de Prestação Continuada – BPC é obrigatório CPF para todos os membros da família.

Meu CADÚNICO

O aplicativo possibilita que a família consulte suas informações no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, podendo emitir comprovante de cadastramento, ver se há alguma pendência no cadastramento, etc.

Acesse: https://meucadunico.cidadania.gov.br/meu_cadunico/
Para baixar o app iOS clique aqui
Para baixar o app Android clique aqui

Como eu calculo a renda mensal familiar e a renda mensal por pessoa?

Para calcular a renda mensal total, você deve somar todo o dinheiro que entra para a sua família no mês, sem nenhum desconto de INSS ou de impostos (renda familiar mensal).

Por exemplo, um trabalhador recebe de salário bruto R$ 622 e a mulher ganha R$ 300 e ninguém mais na família trabalha ou recebe algum dinheiro. A renda familiar mensal vai ser R$ 622 + R$ 300 = R$ 922.

Para calcular a renda mensal por pessoa, basta dividir a renda familiar mensal pelo número de pessoas da família. No exemplo acima, a família tem marido, mulher e também três filhos, ou seja, são cinco pessoas na família. Assim R$ 922 dividido por 5 = R$ 184 por pessoa. Neste caso, essa é a renda por pessoa da família, que também é chamada de renda per capita.

Você sabe o que são Grupos Tradicionais e Específicos?

O Cadastro Único identifica 16 diferentes grupos familiares tradicionais e específicos. Para que seja possível o governo implantar programas adequados às suas necessidades, não deixe de informar ao entrevistador se você pertence a um dos seguintes grupos familiares: indígenas, quilombolas, ciganos, pertencentes à comunidade de terreiro, extrativistas, pescadores artesanais, ribeirinhos, agricultores familiares, assentados da reforma agrária, acampados, beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário, atingidos por empreendimentos de infraestrutura, famílias de presos do sistema carcerário, catadores de material reciclável, resgatados de condição análoga ao de trabalho escravo e famílias em situação de rua.

Contatos

CRAS TOYOTA
Tel: 3360-5098

CRAS PARAÍSO
Tel: 3381-2074

CRAS ITAPUCA
Tel: 3360-5239

CRAS ITINERANTE
Tel: 3360-9510

CRAS LAVAPÉS
Tel: 3360-9887

CRAS JD. ESPERANÇA
Tel: 3354-4676

DIRETORIA DE CAD. ÚNICO E PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA
Tel: 3354-1458 / 3355-0544

CRAS PARQUE MINAS GERAIS
Tel: 3355-0267

CRAS ITINERANTE
Tel: 3360-9510 / 988575515

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2021. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados