Resende

22° Min33º Max

Selo prevenção do site

ARQUIVO HISTÓRICO MUNICIPAL DE RESENDE

O processo de criação do Arquivo Histórico Municipal de Resende iniciou em 1976, quando a historiadora e museóloga Solande Godoy sugere a transferência do acervo da Câmara Municipal para uma sala na Biblioteca Municipal de Resende, fato que ocorreu somente em 1980, quando esta recebeu 18 livros de Atas, alguns livros de copiadores e três caixas com correspondências.

Em 1981, o Arquivo Administrativo da Prefeitura de Resende, que se encontrava no Parque de Exposições, foi atingido por um incêndio. Na ocasião, o executivo municipal, vendo o risco de mais perdas documentais, convidou a arquivista do Museu Imperial de Petrópolis, a professora Aurea Maria de Carvalho, para fazer um diagnóstico do que restou do incêndio e também para colaborar com o projeto do Arquivo Histórico Municipal, criado pela Lei Municipal nº 1.347, de 5 de dezembro de 1983.

O acervo inicial é composto por manuscritos que pertenceram à Câmara Municipal de Resende do século XIX e XX, como livros de Atas, despesas, orçamentos, balanços, impostos, naturalizações, eleições, assentamentos de óbitos e documentos avulsos, como correspondências, documentos de juízes de paz, de direito, de órfãos, entre outros, além de documentos produzidos pela Prefeitura de Resende, a partir de sua criação em 1913.

Hoje o acervo possui também uma riquíssima Hemeroteca, com coleções de periódicos dos séculos XIX, XX e XXI, como os jornais “Astro Rezendense”, com publicações de 1868 a 1872, “A Lira”, que operou de 1898 ao ano 2000, além de revistas como “A Granja” (década de 1930) e ACIAR (década de 1980/90).

Uma coleção de fotos históricas também faz parte do Arquivo, entre as mais importantes, os registros da primeira metade do século XX feitos pelo fotógrafo Flávio Maia, e uma biblioteca de referência da historiografia de Resende e região.

A missão do arquivo é a salvaguarda dos documentos históricos, além da divulgação de seu acervo e da História de Resende, para isso, atualmente, passa por um processo de estabilização de seu acervo – higienização, condicionamento, organização e futura digitalização de seus fundos e coleções – e oferece para grupos de alunos e interessados em geral o projeto “Passeio Histórico”, que conta a história do município por meio de seu bens culturais tombados, praças e monumentos.

Atualmente, o acervo do Arquivo Histórico tem nova sede e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no prédio da Antiga Caixa D’Água – construção de 1877, tombada pelo Patrimônio Histórico do Município.

Para ter acesso ao acervo do Arquivo Histórico para pesquisas é necessário o agendamento pelo e-mail: arquivohistorico2018@gmail.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2024. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados