Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Notícia

03/08/2009

Prevenção: Prefeitura reforça campanha de vacinação

Guardas municipais, policiais e bombeiros são imunizados

Prevenção: Prefeitura reforça campanha de vacinação

Crédito: Arquivo - ACOM/PMR

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Saúde e Qualidade de Vida realiza, a partir de hoje, dia 03 de agosto, uma campanha de vacinação destinado aos militares do Corpo de Bombeiros da cidade contra as seguintes doenças: gripe, tétano, rubéola e hepatite B. Esta campanha, cuja coordenação é do Programa de Imunização do Município, vai até a próxima sexta-feira, dia 07 de agosto, data na qual serão vacinados também os guardas municipais, no batalhão da corporação, na entrada da cidade, a partir de 7h30m. Segundo a Secretaria de Saúde, o objetivo desta campanha itinerante é reforçar as ações de prevenção desenvolvidas pela Prefeitura na área de saúde pública.

Desde quando reforçou a aplicação de vacinas contra as doenças – o trabalho começou a ser feito mês passado – a Secretaria de Saúde  imunizou 1.041 pessoas contra a gripe e 320 contra a hepatite B. Já cerca de 350 pessoas receberam a vacina antitetânica e seis foram imunizadas contra a rubéola. Entre as instituições beneficiadas por esta campanha nas últimas semanas estão a Casa da Amizade, o Hospital de Emergência, a Santa Casa, hospitais particulares e o Centro de Apoio à População de Rua, além da 89ª Delegacia Legal de Polícia (Resende), onde a vacinação ocorreu na semana passada.

Segundo a enfermeira do Programa de Imunização da Secretaria de Saúde de Resende, Natália da Costa Campos, a equipe de profissionais responsável pela campanha nestas instituições é formada por duas vacinadoras e uma enfermeira. Ela explicou que este trabalho tem como objetivo facilitar o acesso dos funcionários à imunização, já que o horário de serviço deles coincide com o horário de funcionamento dos postos, motivo pelo qual os mesmos não têm condições de se dirigirem às unidades médicas para receberem as doses.

- No caso dos profissionais de saúde e do Corpo de Bombeiros, por exemplo, que trabalham em ações de resgate, eles estão sujeitos a riscos de acidentes, principalmente com materiais cortantes, daí a importância da vacinação contra a hepatite B e a antitetânica – disse Natália, acrescentando que, segundo orientações da Secretaria de Saúde do Estado, devem ter prioridade na imunização os portadores de diabetes e de doenças cardíacas, além de crianças e idosos.

Os demais segmentos da população de Resende também são atendidos pelo Programa de Imunização da Prefeitura através de um trabalho feito em parceria com o PSF (Programa Saúde da Família), cujos módulos em vários bairros da cidade têm o cadastro de todos os moradores. No entanto, em determinados casos, as pessoas só podem ser vacinadas mediante indicação médica. As crianças da Casa da Amizade, por exemplo, só puderam ser vacinadas após se submeterem a uma avaliação médica. Outras informações sobre o trabalho do Programa de Imunização devem ser obtidas pelo telefone 3360-0034.

 

 

Palavras chaves: SAÚDE
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados