Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Fazenda

14/10/2015

Meta de redução de gastos da Prefeitura é atingida

Dados foram apresentados durante audiência pública de prestação de contas

Meta de redução de gastos da Prefeitura é atingida

Crédito: Jorge Trindade - ACOM/PMR

A Prefeitura, através da Controladoria Geral do Município, apresentou na última sexta-feira, dia 9, no plenário da Câmara Municipal, a execução orçamentária referente ao 2º quadrimestre de 2015, acusando um deficit de arrecadação nas receitas correntes na ordem de R$ 20,269 milhões.

Por outro lado, a decisão da Prefeitura em cortar custos vem surtindo efeitos positivos nos últimos seis meses. A mudança de horário reduziu as despesas em todos os níveis. A economia com energia elétrica, por exemplo, foi de R$ 155.336,28, na conta de água foi de R$ 170.686,38, com aluguel de veículos, de R$ 89.263,20, com combustível foi de R$ 186.376.44 e com telefonia, de R$ 368.060,88. O fechamento do refeitório representou uma redução de R$ 457.302,90 nos gastos referentes ao período.

Já a economia com a folha de pagamento foi de R$ 1.950.809,76. No total, a Prefeitura economizou R$ 3.377.826,84. Para o Controlador Geral do Município, Ludemar Pereira, a meta de redução de gastos está sendo alcançada pelo Executivo municipal, demonstrando responsabilidade com os recursos e o gasto público, mostrando transparência e eficácia na sua administração.

Outro dado importante destacado na audiência pública foi a aplicação das receitas de impostos e transferências na educação e saúde, que, mesmo com a queda na arrecadação, vem se mantendo dentro dos níveis e até superior ao mínimo legal, que é de 25% e 15%, respectivamente. Na Educação foram aplicados R$ 57,4 milhões, o que corresponde a 27,27% da receita. Na Saúde foram aplicados R$ 64,23 milhões, correspondente a 30,55% do orçamento.

Para o prefeito José Rechuan, que esteve presente na audiência pública, mesmo com todas as dificuldades no repasse de verbas federais e estaduais, a prefeitura vem se mantendo dentro da normalidade, executando obras importantes e mantendo a UPA em funcionamento através de recursos próprios.

- É importante manter os gastos sob controle porque enquanto a política do país não se estabilizar, vai continuar sendo difícil para todos e, por consequência, novas medidas de austeridade podem ser tomadas - enfatizou o prefeito.

 

 

Palavras chaves: TRANSPARÊNCIA
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados