Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Fazenda

19/10/2015

Secretaria de Saúde realiza levantamento do índice de infestação da dengue

Ação Integrada de Combate à Dengue já visitou mais de 2.500 imóveis

Secretaria de Saúde realiza levantamento do índice de infestação da dengue

Crédito: Márcio Fabian - ACOM/PMR

A Secretaria de Saúde, por meio do Centro de Controle de Zoonoses, realiza nesta semana o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LirAa). Por meio de amostragem, o levantamento identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor da dengue e chikungunya e os tipos de recipientes com água parada, que servem de criadouros mais comuns. A pesquisa orienta as ações de controle para a dengue.

No último LirAa, realizado em maio, Resende apresentou o índice de 1,2%, considerado pelo Ministério da Saúde como médio risco. No entanto, na avaliação da Secretaria de Saúde, o resultado foi positivo, pois demonstrou uma queda no índice de infestação.

- Em janeiro, auge da epidemia no município, o índice foi de 2,5%, classificado como médio risco. Em março, passamos para 1,6% e em maio obtivemos o índice de 1,2%. A expectativa é que esse percentual diminua neste levantamento – analisou o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Rafael Carvalho.

Para reforçar as medidas permanentes de prevenção contra a doença, a Secretaria de Saúde está fortalecendo também a qualificação dos agentes de vigilância. Na próxima semana, 51 vigilantes participam de capacitação ofertada pelo governo do estado.

A Prefeitura está realizando ainda ações integradas nos bairros, com a participação de vigilantes sanitários, fiscais da Divisão de Posturas, da Secretaria de Obras, da AMAR (Agência de Meio Ambiente de Resende), funcionários das Secretarias de Serviços Públicos e de Assistência Social e Direitos Humanos, com apoio de nove militares da AMAM (Academia Militar das Agulhas Negras).

A Ação Integrada de Combate à Dengue já visitou cerca de 2.500 imóveis, além de unidades de saúde, de ensino e de assistência social, em duas semanas de trabalho. Já foram beneficiados os bairros Vicentina, Santo Amaro, Surubi, Jardim Esperança, Fazenda da Barra I, Fazenda da Barra II e Fazenda da Barra III. Só nos bairros Vicentina e Santo Amaro, foram recolhidos 26 caminhões e 22 caminhonetes de entulho, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Serviços Públicos.

Por conta do LirAa e da capacitação dos agentes, a ação será retomada em novembro.

 

 

Palavras chaves: DENGUE
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados