Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Notícia

17/02/2009

Prefeitos propõem que Estado e outras prefeituras também comprem veículos na região

Lideranças políticas do Sul Fluminense se reúnem mais uma vez

     Em mais uma reunião das lideranças políticas do Sul Fluminense contra os efeitos da crise econômica, realizada nesta terça-feira (17 de fevereiro), em Volta Redonda, prefeitos desta região decidiram apresentar ao Governo do Estado e às prefeituras de outros municípios fluminenses a proposta destas instituições também comprarem veículos das montadoras Volkswagen (Resende) e Peugeot Citroen (Porto Real).

        O encontro de hoje aconteceu na sede da Cúria Diocesana, tendo contado com as presenças dos prefeitos José Rechuan (Resende), Antônio Francisco Neto (Volta Redonda) e José Laerte (Quatis), além dos deputados estaduais Nelson Gonçalves Filho (PMDB) e Inês Pandeló (PT); representantes de outras prefeituras; e lideranças dos movimentos social, sindical, popular e religioso.

        A proposta aprovada na reunião desta terça-feira será apresentada oficialmente pelo movimento no próximo dia 04 de março, no Rio de Janeiro, ao presidente da Assembléia Legislativa do Estado, deputado Jorge Picciani (PMDB) – o encontro deverá contar com a presença do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Júlio Bueno.

        - Esta iniciativa já é uma realidade em nossa região, graças a uma decisão tomada em conjunto entre os prefeitos. Muitos municípios do Sul Fluminense já manifestaram a disposição de adquirir veículos da Volks e da Peugeot como forma de preservar os postos de trabalho nestas empresas. E, agora, pretendemos fazer com que a proposta se estenda aos demais municípios fluminenses, à própria ALERJ, e também ao Governo do Estado – salientou Rechuan, que ainda propôs à direção das montadoras a criação de uma linha de crédito especial para os servidores públicos, interessados em adquirir veículos novos.

        Numa das reuniões do movimento de prefeitos, ocorrida em janeiro, foi aprovada a compra de veículos das montadoras da região por parte das prefeituras como forma de garantir a produção e preservar os empregos dos trabalhadores. Com a adesão do governo estadual e de cidades localizadas em outras regiões do interior fluminense, os prefeitos entendem que as conseqüências da crise internacional também poderão ser minimizadas no Estado, além de melhorar a frota de veículos da administração estadual e de outras prefeituras do Sul Fluminense, “o que vai influenciar também de forma positiva na melhoria dos serviços prestados ao cidadão”.

 
Palavras chaves: CRISE
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados