Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Ouvidoria

06/06/2012

Levantamento da Ouvidoria registra queda de reclamações na limpeza urbana

Redução das solicitações comprova êxito das ações no setor

Levantamento da Ouvidoria registra queda de reclamações na limpeza urbana

Crédito: Jorge Trindade ACOM/PMR

   A Ouvidoria da Prefeitura apresentou esta semana um relatório que revela uma redução do número de reclamações relacionadas à existência de terreno baldio (particular) com mato e/ou entulho, mato alto (roçada/capina de rua) ou com possíveis focos da dengue. O relatório é baseado nos registros feito pela Central de Atendimento ao Cidadão, serviço mantido pela administração municipal, também conhecido como Linha Viva (0800-889-0808).

   A análise da equipe da Ouvidoria tomou como base o mês de maio de 2011 e 2012. No ano passado, o relatório demonstrou que para reclamações referentes à terreno baldio de propriedade particular contendo mato ou entulho, o Linha Viva registrou 73 atendimentos (12,4% das ligações). Em 2012, o mesmo item contabilizou 51 atendimentos (9,9% das ligações).

   Para ligações solicitando serviço de roçada ou capina de mato alto na rua (foto), a Central de Atendimento ao Cidadão totalizou em maio de 2011, 14 atendimentos (2,4% das ligações). No ano seguinte, a Ouvidoria registrou oito chamadas (1,6% das ligações). A maior redução de ligações foi registrada para denúncias relacionadas à existência de possíveis focos do mosquito da dengue. Em maio de 2011, foram 48 ligações (8,1% ligações) solicitando a presença da equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Já neste ano, o número caiu para sete atendimentos em maio (1,4% ligações).

   De acordo com o Ouvidor do Município, Antônio Leão, a redução dos números "tem uma relação direta com ações implementadas pelo governo no sentido de melhorar a qualidade no serviço de limpeza urbana e combate à dengue".

   Ele lembra que, no período de novembro de 2010 a março de 2011, o Município enfrentou um agravamento dos problemas relacionados à limpeza urbana (mato alto, terrenos mal cuidados, coleta de lixo, recolhimento de lixo verde  e entulho, focos de dengue e animais peçonhentos). Em julho de 2011, a administração municipal realizou uma nova licitação com mudança no contrato para o serviço de capina e roçada em vias públicas, sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Serviços Públicos. Com o novo contrato, o Município foi dividido em sete regiões e o serviço passou a ser executado por sete empresas diferentes.

   A medida representou uma queda significativa das solicitações de serviços de limpeza urbana feitas por meio do Linha Viva, passando de 1.051 atendimentos realizados antes da licitação (34,21% das ligações registradas), para 578 atendimentos (23,78% das ligações). Essa redução foi de 45%.

   - Essa queda apontada pelo nosso levantamento do Linha Viva reflete o êxito nas medidas tomadas pela Prefeitura e na satisfação da população - avalia o Ouvidor.

Ação conjunta de secretarias garante o combate à dengue

  As melhorias da limpeza urbana contam também com ações como os Mutirões de Combate à Dengue, quando agentes sanitários percorrem os bairros recolhendo recipientes que podem acumular água parada, como garrafas, pneus, latas velhas e tambores, entre outros objetos. O serviço recebe o apoio de caminhões e máquinas retroescavadeiras. A ação é uma parceria entre as secretarias de Saúde (CCZ e Vigilância Sanitária), Serviços Públicos e Obras. 

   O resultado das melhorias na limpeza urbana apareceu também em levantamento realizado pela Secretaria de Saúde. Segundo dados do setor de Vigilância em Saúde, de janeiro a maio deste ano, foram confirmados no município 120 casos de dengue. No mesmo período do ano passado, foram registrados 296 casos confirmados da doença. A redução foi de 60%.

Palavras chaves: ATENDIMENTO AO CIDADÃO
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados