Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Ouvidoria

21/06/2016

Levantamento da Ouvidoria mostra queda em reclamações

A maior queda foi registrada nas reclamações de focos de dengue

Levantamento da Ouvidoria mostra queda em reclamações

Crédito: Jorge Trindade - ACOM/PMR

      A Ouvidoria Geral da Prefeitura de Resende registrou uma queda no número de reclamações da população sobre focos de dengue, mato alto e entulho em terrenos baldios. O levantamento comparou o período de janeiro a junho dos anos de 2015 e 2016, com objetivo de avaliar o atendimento prestado pela Prefeitura aos moradores em suas principais demandas.

        No período avaliado foram totalizadas 3.741 reclamações em 2015 e 2.487 em 2016. A maior queda foi registrada nas reclamações de focos de dengue, direcionadas à Secretaria Municipal de Saúde.     Em 2015 a Ouvidoria registrou 602 reclamações desse tipo. Em 2016 o número caiu para 287.        

          Em segundo lugar estão as reclamações relacionadas a terrenos particulares baldios que foram encaminhadas para a Divisão de Fiscalização de Posturas. Elas caíram de 509 em 2015 para 240 em 2016. 

       Denúncias em geral direcionadas à Divisão de Fiscalização de Posturas também se destacaram no levantamento da Ouvidoria como som alto, despejo irregular de entulhos de obras, etc.  Esse tipo de reclamação caiu de 135 para 72 no período avaliado em 2015 e 2016. 

       O ouvidor Geral do Município, Celso Dutra, destaca que a diminuição no número de reclamações está relacionada às operações de combate ao mosquito Aedes aegypti realizadas pela Prefeitura. Entre elas estão as vistorias nos bairros feitas pelos agentes do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde,  em parceria com a Academia Militar das Agulhas Negras, para inspeção e eliminação dos focos do mosquito.

        A Prefeitura realizou ainda interdição de terrenos abandonados em operações conjuntas feitas pela Divisão de Fiscalização de Posturas, Procuradoria Geral do Município,  entre outros órgãos. A Secretaria de Educação e o Programa Saúde na Escola também intensificaram campanhas educativas de combate ao mosquito nas escolas.

        - O trabalho se refletiu na queda das reclamações da Ouvidoria, pois a Prefeitura atuou justamente nas principais demandas  dos moradores.  Isso significa que as ações de prevenção tiveram retorno – ressaltou Celso Dutra.

         As demandas chegam à Prefeitura através do número 08008890808. A ligação é gratuita, inclusive via celular, e torna o serviço mais acessível aos cidadãos. Outro meio é através dos atendentes na sede do órgão, que funciona no Centro Administrativo da Beira-Rio, no bairro Jardim Jalisco, de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas. 

         Celso Dutra explica que todas as demandas atendidas na Ouvidoria são automaticamente encaminhadas aos setores responsáveis, após uma avaliação feita pelos atendentes. Eles ainda monitoram o andamento das solicitações, acompanham e retornam as soluções das demandas aos cidadãos.  

Palavras chaves: Ouvidoria
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados