Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Desenvolvimento Urbano

08/10/2013

Instituto José Pessoa discute com empresas novas vias de acesso ao Polo Industrial

Plano Diretor já prevê a construção de dois acessos ao local

Instituto José Pessoa discute com empresas novas vias de acesso ao Polo Industrial

Crédito: Wagner Alves - ACOM/PMR

   A busca de alternativas pra o acesso ao Pólo Industrial de Resende sem a necessidade de utilizar a Rodovia Presidente Dutra vem colocando do mesmo lado o Poder Público e as empresas localizadas naquela região. Na semana passada, o prefeito José Rechuan (PP), o presidente do Instituto Marechal José Pessoa, Aluizio Balieiro Diniz, e representantes das empresas do pólo reuniram-se para discutir o assunto. A reunião contou também com a presença do secretário Municipal de Obras, Rubens Almada.

   No encontro, os diretores da MAN Latin America Adilson Dezoto e da PSA Peugeot Citröen Eduardo Ribeiro Chaves relataram os problemas que funcionários e fornecedores do pólo estão enfrentando desde o início de setembro com as obras de construção de uma ponte sobre o Rio Paraíba, na altura do quilômetro 297,2, sentido Rio, que está sendo executada pela concessionária que administra a rodovia. A alegação é de que a obra está provocando lentidão no trânsito e, consequentemente, gerando atrasos na chegada dos trabalhadores nas empresas. Segundo a concessionária, a obra deverá ser concluída somente em dezembro de 2014.

   Segundo Aluizio Balieiro, o mesmo problema vem sendo enfrentado por universitários que estudam no Município e outros profissionais que tem compromissos de trabalho e utilizam a rodovia diariamente.

   - É consenso de todos que Resende hoje vive um momento de grande desenvolvimento econômico e de modernização de seu parque industrial e, por isso, não pode ficar na dependência apenas da Rodovia Dutra. As propostas discutidas na reunião têm como objetivo tornar o pólo independente com novas vias de acesso - explicou Balieiro.

   De acordo com o presidente do Instituto José Pessoa, duas propostas discutidas na reunião já fazem parte do novo Plano Diretor que foi sancionado pelo prefeito no inicio do ano. Uma delas propõe a implantação da Avenida do Contorno, ligando o Centro urbano a Bulhões, interligada ao distrito industrial por meio da construção de uma ponte na altura da Fazenda da Barra III. Esta obra está inserida no PAC 2 (Plano de Aceleração do Crescimento) com previsão de início para o primeiro semestre de 2014. A outra proposta seria a criação de um novo eixo de ligação entre o Paraíso e a Fazenda da Barra II e o polo industrial, o que daria uma independência à cidade, que poderá transpor o sentido leste/oeste sem ter que utilizar a Dutra.

   Ainda no encontro, Adilson Bezzoto e Eduardo Ribeiro Chaves informaram que juntamente a outras empresas do pólo, integram uma "cluster" (união de empresas localizadas num mesmo espaço territorial e que buscam sanar problemas em comum) na qual Bezzoto ocupa a cadeira de presidente. Segundo Balieiro, eles manifestaram o desejo de participar das reuniões mensais do Instituto Marechal José Pessoa.

   - Os representantes das empresas demonstraram um enorme interesse de atuar ativamente como parceiras do Poder Público na discussão e solução de problemas que garantam o desenvolvimento ordenado e o fortalecimento econômico de Resende - destacou.

   Um novo encontro para debater o tema está previsto para acontecer ainda este mês.

Palavras chaves: PLANEJAMENTO
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados