Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Superintendência Municipal de Tecnologia da informação

29/04/2021

HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E DA CRIANÇA DE RESENDE INICIAM ATENDIMENTO MODERNIZADO COM AUXÍLIO DE TECNOLOGIA

Nas próximas semanas, unidades terão todo processo de atendimento informatizado e prático 

HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E DA CRIANÇA DE RESENDE INICIAM ATENDIMENTO MODERNIZADO COM AUXÍLIO DE TECNOLOGIA

Crédito: Raimundo Brasil

A Prefeitura de Resende deu mais um importante passo na modernização do serviço de saúde pública oferecido no município. A partir desta semana, tanto o Hospital Municipal de Emergência Sergio Henrique Gregori quanto o Hospital da Criança de Resende começaram a colocar em prática a primeira etapa de um atendimento informatizado para a população, que começa na recepção. 

As mudanças, que fazem parte de um processo desenvolvido ao longo de quatro anos, começaram na recepção e atendimento ao munícipe. A partir de agora, os dados passam a ser captados e registrados digitalmente, dispensando a necessidade de papelada. Também nesta etapa da passagem do paciente, um monitor passa a informar a ordem de chamada por senha no hospital. Anteriormente, os pacientes eram avisados de sua vez pela voz dos profissionais. 

Nas próximas semanas, de acordo com o superintendente municipal de Tecnologia da Informação, Márcio de Souza Silvestre, a informatização estará em funcionamento em outras etapas do atendimento ao munícipe, como no controle dos medicamentos e exames. Ao fim da informatização, tudo estará acessível aos profissionais da saúde, do início ao fim da passagem do paciente pelos hospitais, nos computadores presentes em todos os consultórios. No caso de pessoas atendidas mais de uma vez, o histórico de saúde também estará disponível aos médicos quando necessário. 

- Em março deste ano, os profissionais da saúde passaram por um workshop para entender exatamente como seria a unidade com as mudanças tecnológicas. São mudanças que fazem toda a diferença e Resende precisava se modernizar, já que possui uma saúde pública de referência no país. É um processo gradativo e que demandou muitas etapas desde 2017. Por exemplo, implementamos a internet via fibra óptica, essencial hoje; trouxemos uma nova subestação de energia ao HME, que dá mais segurança para trilharmos esse caminho; e equipamos a unidade com computadores, mesas e outros itens. Então, é importante entender o processo de modernização pelo qual estamos passando. Vem de quatro anos para cá e nos enche cada vez mais de orgulho – comentou o prefeito Diogo Balieiro Diniz, que também destacou que toda a etapa de controle de medicamentos e estoques já foi transferida para um sistema digital. 

O projeto de fortalecimento da estrutura tecnológica do município começou em 2017, quando a Prefeitura de Resende adotou uma nova postura, investindo na valorização e na capacitação do servidor público, substituindo a contratação de empresas fornecedoras do serviço, por técnicos da casa que trabalharam na criação e na instalação da rede para a população.  

Em 2020, dezenas de computadores foram adquiridos para serem utilizados no HME e mais de 100 pontos de conectividades foram instalados na unidade para comportar o processo de informatização. Todo o processo foi construído com paciência e persistência pela gestão municipal.  

Vale destacar que o processo de informatização também já aconteceu na UPA. Isso significa que os dados de atendimento da UPA também ficarão interligados com o HME e com o Hospital da Criança. 

Palavras chaves: Informatização Tecnologia HME Saúde
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados