Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 

Assistência Social e Direitos Humanos

26/04/2012

Escolas e postos de saúde recebem livro de prevenção à violência contra a mulher

Trabalho foi produzido sob a coordenação da Coordenadoria da Mulher

Escolas e postos de saúde recebem livro de prevenção à violência contra a mulher

Crédito: Márcio Fabbian ACOM/PMR

   A Prefeitura, por meio da Coordenadoria Municipal da Mulher, conclui nos próximos dias a distribuição de exemplares do livro "Preconceito não faz o gênero" - foto, que têm como objetivo divulgar e incentivar o trabalho de prevenção a violência contra a mulher. A publicação - cuja distribuição começou esta semana - será entregue em 68 escolas municipais e 30 módulos do Programa Saúde da Família, totalizando, portanto, 98 repartições públicas.  

   O lançamento do livro aconteceu no final do mês de março, numa cerimônia realizada no Colégio estadual Olavo Bilac (Campos Elíseos) com as presenças do prefeito José Rechuan (PP); da secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Marly Ceccoline Cortona; da titular da Coordenadoria da Mulher, Anita Beviláqua; do vereador Romério de Almeida (PMDB) e de secretários municipais, entre outras autoridades e convidados.  

   O conteúdo do livro representa o resultado do "Curso de Capacitação em Gênero e Violência Doméstica e Familiar", que foi promovido sob a coordenação da Coordenadoria da Mulher da Prefeitura, nos anos de 2010 e 2011. Participaram do curso, técnicos do Juizado Especial Criminal, professores da rede municipal de ensino, enfermeiros, chefes das unidades do Programa Saúde da Família, servidores de duas secretarias municipais (Saúde / Assistência Social e Direitos Humanos), guardas municipais e membros do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. 

   De acordo com Anita Bevilaqua, a publicação reúne 32 trabalhos apresentados neste curso, a maioria com propostas voltadas para escolas (salas de aula) e o Programa Saúde da Família.  As propostas destacam ações para a promoção e a prevenção da violência doméstica e familiar contra a mulher.

   - Este é o motivo pelo qual decidimos contemplar todas as unidades de ensino e postos de saúde com um exemplar. Nossa proposta é que os projetos possam ser trabalhados e implantados nos locais onde serão inseridos - frisa.

   Entre outros projetos que compõem o livro estão ainda a capacitação dos profissionais de saúde para o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar; a Lei Maria da Penha; Homofobia na escola; Trabalho doméstico e Gênero na sala de aula.  A primeira distribuição da publicação foi realizada logo após o seu lançamento, durante uma reunião da Superintendência Estadual de Políticas para Mulheres. Os exemplares foram distribuídos para os municípios que possuem órgãos de proteção a mulher.

Palavras chaves: CAMPANHA EDUCATIVA
Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados