Resende

18° Min26º Max

Saúde

03/12/2019

PREFEITURA DE RESENDE DISTRIBUI CANECAS ECOSSUSTENTÁVEIS NO PÁTIO E ESTIMA ECONOMIA DE R$ 8 MIL COM COPOS DESCARTÁVEIS EM 2020

Foram entregues aproximadamente 500 canecas, fabricadas com fibra de coco, para servidores que atuam no Centro-Administrativo da Beira-Rio

Crédito: Divulgação PMR

A partir de uma iniciativa ecossustentável, a Prefeitura de Resende, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, pretende economizar cerca de R$ 8 mil destinados à compra de copos descartáveis. Recentemente, aproximadamente 500 servidores que trabalham no Centro-Administrativo da Beira-Rio, no bairro Jardim Jalisco, ganharam canecas ecossustentáveis com o slogan ‘Resende contra o Aedes Aegypti’. A ação de sustentabilidade faz parte do projeto “Educação Ambiental para o Enfrentamento do Aedes Aegypti”, desenvolvido por meio de convênio firmado entre a Prefeitura e a Funasa (Fundação Nacional de Saúde). A iniciativa tem por finalidade eliminar o consumo de copos plásticos descartáveis no Pátio da Prefeitura, que gerará a redução de resíduos ao meio ambiente, além de economia aos cofres públicos.

Com a distribuição das canecas de material reciclável, produzidas com fibra de coco, a Secretaria Municipal de Administração estima que haja uma economia no valor aproximado de R$ 8 mil somente no ano que vem. O secretário de Administração, Kaio Márcio Resende de Paiva, explicou que a medida integra a campanha contra o Aedes, além de viabilizar a redução gradativa do uso de copos plásticos descartáveis pelos funcionários da sede da Administração Municipal.

— A entrega das canecas ecossustentáveis para os servidores marca um novo tempo para o governo municipal. A iniciativa visa acabar com o consumo de copos plásticos descartáveis por parte dos funcionários que exercem suas funções no Pátio da Prefeitura. A intenção é conscientizar os servidores sobre a questão dos impactos sofridos pelo meio ambiente, a começar pelo seu local de trabalho. A ação governamental incentiva o uso de uma caneca fabricada em fibra de coco, evitando, desta forma, o uso de copos descartáveis no local de serviço. Por mês, o gasto estimado na aquisição de copos plásticos para 80% da Prefeitura é de R$ 8 mil. Vamos cuidar do nosso planeta e contribuir para minimizar a eliminação de resíduos ao meio ambiente! Os servidores abraçaram a ideia e estão colaborando para que se propague em toda a sociedade – destacou.

A coordenadora de Projetos da Secretaria de Saúde, Cristina Rosadas, lembrou que a partir do projeto “Educação Ambiental para o Enfrentamento do Aedes Aegypti” já foram realizadas três Oficinas de Reciclagem gratuitas, no bairro Paraíso, além da confecção de canetas e outros acessórios personalizados.

— A primeira edição da Oficina de Reciclagem para Sacolas de Compras aconteceu no dia 31 de outubro, utilizando sacos de ração. A oficina ocorreu no Cras (Centro de Referência da Assistência Social) Paraíso. A segunda edição foi no mesmo lugar, no dia 11 de novembro, destinada à confecção de enfeites natalinos a partir de vidros com tampas e retalhos de tecidos de cores variadas. No dia 21, a terceira foi relacionada à produção de guirlandas de Natal com garrafas PET, no Centro de Convivência de Idosos (CCI) Paraíso. O objetivo é desenvolver uma série de ações de sustentabilidade por meio do projeto, que também devem ser expandidas para outras localidades. Nesta terça, dia 3, a oficina de sacolas para compras chegou ao Jardim do Sol. A previsão é levar oficinas para o bairro São Caetano também – frisou.

 

Palavras chaves: Copos; Sustentabilidade; Prefeitura Resende Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

Redes Sociais

© Copyright 2020. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados