Resende

19° Min25º Max

Saúde

15/01/2020

HOSPITAL DE EMERGÊNCIA DE RESENDE REGISTRA AUMENTO NO NÚMERO DE ATENDIMENTOS NOS TRÊS ÚLTIMOS ANOS

Índice subiu em aproximadamente 13,5%, tendo registrado 110.500 atendimentos durante o ano passado

Crédito: Gleisiane Carvalho

O Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, situado no bairro Jardim Jalisco, em Resende, registrou aproximadamente 13,5% de aumento no número de atendimentos, com base no comparativo dos três últimos anos. O crescimento significativo é resultado da boa qualidade dos serviços prestados à população, levando-se em contas todas as melhorias que vêm sendo realizadas no segmento, como o amplo processo de reforma pelo programa ‘Revitaliza Resende’, desenvolvido pela Prefeitura Municipal.

 

Entre outros fatores que contribuíram para ganhar mais credibilidade dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), estão listadas a aquisição de novos aparelhos médicos e equipamentos e a capacitação dos profissionais da unidade. As transformações do HME refletiram na alta procura pelos pacientes, que passaram a buscar mais pelos serviços essenciais do município.

 

Atualmente, o Hospital de Emergência de Resende, que é referência em casos de urgência no Sul do Estado, contabiliza mais de 9 mil atendimentos por mês. Em 2017, de acordo com o balanço da unidade hospitalar, foram realizados 95.578 casos atendidos. Em 2018, a estatística subiu para 101.730 atendimentos. Em 2019, o índice superou os anos anteriores, contabilizando 110.500 atendimentos. O levantamento apontou um aumento aproximado de 13,5% nos casos de saúde registrados no HME.

 

O prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz, destacou que o balancete mostra a realidade da conquista da confiabilidade depositada pelos usuários na atual gestão, acrescentando que a qualidade dos serviços permanece com a crescente demanda.

 

— No último triênio, o HME avançou em tecnologia de última geração com os novos aparelhos comprados, além de um ambiente mais moderno e confortável para os pacientes, a partir das intervenções promovidas pelo ‘Revitaliza Resende’. As obras já estão na quarta fase; já foram finalizados o Hospital da Criança Albert Sabin, o CTI (Centro de Tratamento Intensivo) e o Pronto Socorro e as Salas Vermelha e Amarela. A unidade ganhou uma nova subestação de energia e recuperou a antiga, além da instalação da iluminação de LED na área externa. Dentre as melhorias, ainda podem ser citadas a Farmácia 24h, o novo Centro de Reabilitação de Hidroterapia, a construção da nova sala de medicação, a contratação de empresa especializada para os trabalhos de limpeza e a compra de duas remessas de enxoval hospitalar. Não é por acaso que Resende foi eleita a oitava melhor saúde do País, no Ranking Connected Smart Cities 2019. Com tantas mudanças positivas, a população passou a ter mais recursos de alta tecnologia disponíveis para tratamentos de qualidade e agilidade nos atendimentos, valorizando, desta forma, a relação entre o hospital e os seus usuários. Uma das prioridades da atual gestão é o atendimento mais humanizado, visando acolher cada paciente com uma infraestrutura melhor, moderna e confortável, e condições necessárias para o bem-estar emocional – reforçou.

Palavras chaves: Atendimentos, Aumento, HME, Hospital De Emergência Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

Redes Sociais

© Copyright 2020. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados