Resende

25º Min

25º Max

Bagagem

Botão Voltar Botão Home Botão Compartilhar

Segundo os moradores mais antigos, a vila recebeu este nome porque uma família que se mudou para a região em busca de trabalho abandonou suas bagagens na fazenda. Sabendo do ocorrido, a população ia até o local para ver ‘‘a bagagem’’ e o costume acabou dando origem ao nome. Cercada de verde, uma das trilhas mais conhecidas do local é a que leva à Pedra da Boca do Sapo.

Distâncias da Bagagem: Jacuba (Resende, RJ) - 7,5 km; Vargem Grande (Resende, RJ) - 10 km; centro de Resende - 30 km (Hospital - 32 km, Aeroporto - 33 km); Visconde de Mauá (Resende, RJ) - 23,5 km.

História: Em 1954 foi criada a primeira escola municipal na Ponte de Souza, facilitando a vida dos estudantes que não precisaram mais andar 10 km a cavalo até a Escola do Rio Preto. Depois, a escola foi transferida para a Fazenda da Bagagem. Em 1959, os moradores Francisco Lamin e D. Alcina doaram um terreno para a construção da Igreja de Nossa Senhora Aparecida, onde a escola passou a funcionar. Anos depois, após receber um terreno doado por Francisco Moreira, a Prefeitura de Resende construiu a escola atual, inaugurada em 1971 com o nome de Francisco de Souza Aguiar.

O primeiro Cruzeiro local foi construído em 1922 por Francisco de Souza Aguiar. Após alguns anos, o Cruzeiro caiu. Em 1959, o bispo Agnelo Rossi visitou Bagagem e junto com pessoas da comunidade plantou araucárias formando uma cruz. Em 1981 foi construído um novo Cruzeiro.

Em 1930 houve um surto da Gripe Espanhola e correu um boato que poderiam ocorrer confrontos militares perto da Ponte de Souza. Preocupados, os moradores pediram proteção a São Sebastião e como não houve surto nem confronto, eles construíram, em 1936, a Igreja de São Sebastião.


Galeria:

  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende
  • Prefeitura de Resende