Resende

25º Min

25º Max

Home » Serviços »

Saúde

Botão Voltar
Botão Home

09/05/2018

NOVO MOBILIÁRIO VAI OFERECER MAIS CONFORTO A PACIENTES E ACOMPANHANTES DA NOVA SANTA CASA

Instituição recebeu mais 244 itens, entre camas, colchões e poltronas, doados pela montadora MAN Latin America

Créditos: PMR - Divulgação

A Nova Santa Casa de Misericórdia de Resende acaba de ganhar 244 novos itens que vão permitir a renovação do mobiliário de seus quartos e enfermarias, trazendo muito mais conforto para os pacientes que utilizam os serviços de internação da instituição, bem como para seus acompanhantes. Entre os móveis recebidos estão 53 camas hospitalares com grades laterais, que oferecem mais segurança aos pacientes; 53 colchões revestidos; 53 escadinhas em inox, que facilitam o acesso dos pacientes à cama; e 53 poltronas reclináveis, que serão disponibilizadas para os acompanhantes.

 

O mobiliário, que foi doado à Nova Santa Casa pela montadora MAN Latin America, inclui ainda 16 mesas de cabeceira e a mesma quantidade de banquinhos. Com a doação, segundo o diretor da instituição, Luiz Eduardo Saldanha, será possível substituir praticamente todas as camas da unidade, que conta atualmente 69 leitos. A chegada dos móveis, na opinião do prefeito Diogo Balieiro Diniz, que atende voluntariamente na instituição fora de seu expediente no gabinete, vai deixar a unidade mais humanizada.

 

- Esta doação, que é muito importante para a Santa Casa, vai tornar menos penoso o período que os pacientes precisam passar no hospital quando estão se recuperando de uma cirurgia ou de algum problema de saúde. E o mais importante é que este conforto se estende também aos seus familiares que, agora, poderão contar com poltronas reclináveis para descansar enquanto acompanham a evolução dos pacientes – disse o prefeito Diogo Balieiro Diniz.

 

Este ano, a Nova Santa Casa, que passou por um completo programa de revitalização iniciado em 2017, já recebeu outros equipamentos doados pela montadora. Entre eles estão uma mesa cirúrgica ortopédica radiotransparente, que permite a realização de cirurgias em geral, acompanhada de instrumental cirúrgico e acessórios, como tração colo de fêmur, tração tíbia e suporte ilíaco, que facilitam o acesso ao campo operatório, além de ajudar a posicionar o paciente, garantindo a estabilidade durante a intervenção cirúrgica.

 

As doações feitas pela empresa, que somam R$ 635.850,00, tiveram início no ano passado quando a MAN Latin entregou para a unidade diversos equipamentos. Entre eles equipamentos de última geração como dois monitores cardíacos multiparâmetros com capnografia; bisturi eletrônico digital; monitor de oximetria de pulso; monitor cardíaco multiparâmetro; aparelho de anestesia e material cirúrgico como pinças, tesouras, afastadores e pefuradores ósseos. Além disso, a unidade foi contemplada também com uma centrífuga e uma secadora, ambas com capacidade para 50 quilos de roupas, além de uma calandra horizontal (passadeira).

 

Mais equipamentos

 

Outra conquista da unidade, que continua passando por obras de melhoria como a ampliação do ambulatório do SUS e a construção do Centro de Material Esterilizado (CEM), foi a chegada, também em 2017, de um novo aparelho de autoclave de 250 litros.

 

Utilizado para esterilizar instrumentos cirúrgicos e odontológicos, o equipamento vai compor, junto com outro de 100 litros e uma nova lavadora ultrassônica, o Centro de Materiais Esterilizados (CEM), que está sendo ampliado em 40 metros quadrados para absorver todos os novos aparelhos adquiridos em função da ampliação do número de cirurgias realizadas pela unidade, que aumentou consideravelmente nos últimos meses.

 

De acordo com dados da Nova Santa Casa, em 2017, a unidade concluiu o ano com uma média de 190 cirurgias mensais. Já este ano, a média subiu para 240 cirurgias/mês. Muitas delas, segundo o diretor da Santa Casa, eram realizadas por hospitais estaduais e foram assumidas pelo município, após a crise que se abateu no Estado.