Resende

14° Min29º Max

Notícia

17/08/2009

Mais 4 estações de tratamento serão vistoriadas pela SANEAR

Município criará medidas legais para garantir qualidade nos sistemas de água e de esgoto

Crédito: Márcio Fabbian - ACOM/PMR

     Dando continuidade ao trabalho iniciado no começo deste ano para garantir a qualidade dos serviços prestados à população de Resende no sistema de água potável e de esgoto, a Prefeitura, através da SANEAR (Agência de Saneamento do Município), realizará, nos próximos dias, vistorias técnicas em mais cinco estações de tratamento. São elas: Fazenda da Barra II, Engenheiro Passos, São Caetano (as três, integrantes da rede de distribuição de água), Loteamento Morada do Contorno e Alegria Velha (ambas responsáveis pela coleta e tratamento de esgoto doméstico). Nas últimas semanas, a SANEAR vistoriou as estações de tratamento de água dos bairros Toyota, Nova Liberdade, Alegria e 31 de março (região do Lavapés).

        Além das vistorias nas unidades de tratamento (foto), cuja realização foi determinada em janeiro pelo prefeito José Rechuan (DEM), a SANEAR e a Procuradoria Jurídica do Município estão analisando a criação de medidas legais a serem aplicadas em casos de descumprimento às providências apontadas pela Prefeitura no sentido de evitar transtornos aos moradores. A legislação a ser criada vai estabelecer sanções, multas e outras penalidades. No governo passado, a operação do sistema foi concedida à empresa Águas das Agulhas Negras.

        - A administração anterior fez a concessão, mas não estipulou as regras de proteção ao usuário, no caso a população de Resende. Por isso, o governo do prefeito José Rechuan adotou as vistorias no serviço e a criação destas medidas como duas das prioridades no setor de saneamento básico. A Procuradoria Jurídica do Município já está concluindo a minuta deste documento – declarou o diretor presidente da SANEAR, Luís Cláudio de Siqueira Chaves.

        Ele lembra que, só neste mês, a concessionária Águas das Agulhas Negras recebeu pelo menos cinco notificações emitidas pela SANEAR, quatro delas para recuperar a pavimentação de vias onde a empresa realizou reparos nas redes de água e de esgoto, mas não consertou o piso danificado durante a realização dos trabalhos. A outra notificação teve como objetivo exigir da concessionária a retirada do esgoto lançado indevidamente no canal central da Cidade Alegria. Seguindo a determinação da SANEAR, o esgoto foi conduzido para a Estação de Tratamento de Esgoto da Alegria Velha.

        - No caso de algumas destas notificações, a concessionária atendeu aos pedidos dentro do prazo estipulado. Em outros, a direção da empresa solicitou a prorrogação do prazo e executou os serviços dentro do período prorrogado. Todo esse trabalho de fiscalização vem de encontro da proposta da atual administração municipal em assegurar a eficiência do sistema em um setor de fundamental importância ao dia-a-dia dos moradores da nossa cidade – disse Luís Cláudio.

        
Palavras chaves: SANEAMENTO BÁSICO Compartilhar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Mapa do site

Redes Sociais

© Copyright 2019. Todos os direitos reservados.

AM4 - Inteligência Digital de Resultados