Resende

25º Min

25º Max

Home » Serviços »

Assistência Social e Direitos Humanos

Botão Voltar
Botão Home

04/12/2017

TRIBUNAL DE JUSTIÇA LANÇA PROGRAMA DE APADRINHAMENTO EM RESENDE

Com apoio da Prefeitura de Resende, a ação visa dar suporte em atenção e carinho a crianças e adolescentes moradores de abrigos municipais

Créditos: Carina Rocha

Estamos no final do ano. Tempo de repensar atitudes, programar novos projetos e exercer o amor ao próximo. Uma boa oportunidade de começar 2018 fazendo o bem é participar do Programa Apadrinhar: Amar e Agir Para Realizar Sonhos, que será lançado dia 11 de dezembro, no Espaço Z. A ação é de autoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e será executada de forma articulada com o município de Resende, visando dar suporte em atenção e carinho a crianças e adolescentes que estejam em abrigos da cidade.

 

O programa de apadrinhamento tem como objetivo proporcionar convivência comunitária a menores acolhidos institucionalmente no município de Resende. A intenção é oferecer uma oportunidade de construção de laços de afeto e apoio material por parte de pessoas da sociedade civil, dispostas emocional ou financeiramente a se tornar um padrinho ou madrinha.

 

De acordo com o Poder Judiciário, para participar é preciso ter mais de 18 anos e se credenciar junto ao Juízo de Infância do município. Os voluntários podem se encaixar em três modalidades de padrinho: afetivo, provedor e prestador de serviços. O afetivo faz visitas regulares às crianças assistidas, pode levá-los para passeios, viagens e férias, proporcionando a experiência de um convívio familiar e social. O padrinho provedor oferece ajuda material ou financeira ao afilhado, subsidiando cursos, consultas médicas, atividades esportivas, etc. Já o Prestador de Serviços contribui com sua experiência profissional, auxiliando uma criança ou adolescente, bem como a unidade na qual eles se encontram inseridos, com benfeitorias ao abrigo.

 

- O apadrinhamento pode ser feito tanto por pessoas físicas como jurídicas. As possibilidades de participar do programa são amplas. Esta é uma excelente oportunidade de ser solidário e contribuir para a felicidade de uma criança ou jovem carente. A Prefeitura de Resende está empenhada em dar visibilidade ao programa, atraindo parceiros e voluntários – explica a secretária Municipal de Assistência Social, Jessica Pavone.

 

O lançamento no Espaço Z, dia 11, acontecerá às 18h, e contará com a presença do prefeito Diogo Balieiro Diniz, da Juíza da segunda Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, Dra. Camila Novaes Lopes, e do Promotor da Infância e da Juventude, Dr. Afonso Henrique Reis Lemos.