Resende

25º Min

25º Max

Home » Serviços »

Agricultura e Pecuária

Botão Voltar
Botão Home

14/08/2017

Torneio Leiteiro movimenta distrito de Fumaça em Resende

Evento resgata tradição do município que produz 35 milhões de litros por ano

Créditos: Carina Rocha/PMR

Colocar em evidência animais de alta qualidade e fortalecer a relação entre produtores e o poder público. É com esse objetivo que foi realizado o 19º Torneio Leiteiro de Fumaça, na Vila da Fumaça, distrito de Resende, que através de uma competição de gado, resgata a tradição pecuária leiteira do município.

O setor gera trabalho e renda. Resende produz 35 milhões de litros de leite por ano, empregando mais de 2 mil pessoas. Aproximadamente, 250 propriedades rurais exercem atividade no ramo, o que gera sustentabilidade produtiva, financeira e ambiental.

A Prefeitura, interessada no aumento desse número, vem impulsionando cada vez mais a produção de leite na cidade. A Secretaria de Agricultura e Pecuária, em parceria com a Empresa Responsável pela Assistência Técnica e Extensão Rural no Estado do Rio de Janeiro (EMATER-RIO), lançou o programa Produz Leite, que visa incrementar a indústria leiteira, mantendo a população rural no campo.

O projeto consiste em uma equipe de profissionais que conta com veterinários, técnicos agrícolas e técnicos em agropecuária a fim de dar suporte aos pequenos produtores. A equipe atua para o desenvolvimento de atividades como a nutrição do rebanho, cuidados com a reprodução, controle da sanidade e da qualidade, além de realizar controles zootécnicos e financeiros. Para o prefeito Diogo Balieiro Diniz, que veio do campo, é importante encorajar mais produtores com a finalidade de fazer com que Resende se torne referência na região em produção leiteira.

- É importante ter um olhar atento para esta área que é um potencial gerador de receita e credibilidade para o município. A Prefeitura segue com o compromisso de continuar apoiando o pequeno produtor com o desejo de observar o aumento em sua produção. Outro aspecto de interesse é possibilitar que esses criadores tenham acesso as novas tecnologias do agronegócio, técnicas de manejo e as características genéticas do animal. É desta forma que vamos solidificar um cenário vantajoso – finaliza o prefeito.